As gorduras trans é fora-da-lei no Brasil

anvisa proibe gordura trans
anvisa proibe gordura trans

A indústria de alimentos é necessário para a remoção de gordura hidrogenada de produtos até 2023. (Foto: Dulla/para a SAÚDE é Vital)

A agência de vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou recentemente uma proposta visa eliminar a gordura trans, relacionados com vários problemas de saúde, produção de produtos. A nova resolução prevê a redução gradual de usá-los em indústria e serviços de alimentação (restaurantes, pão…), chegando-se a proibir, em 2023.

Atualmente, não existe limite de tamanho definido para este óleo é também chamado hidrogenada. E o estudo do Instituto de defesa do Consumidor (com base em ıdec) adverte que alguns itens, como aceitar o “zero trans” na verdade leva a itens.

Este processo será realizado em três etapas. Em primeiro lugar, de limitar a sua participação na produção de óleos refinados — então o que ele é usado para a fritura, feitos à base de soja, girassol, canola. Há empresas de 18 meses, é adequado. As restrições, por isso, tem a força de mil a partir de 1 de julho de 2021.

A partir daí o anexo se aplica a produtos de transformação, em geral, a oferta de varejo e atacado. No momento em que as regras ainda não são, necessariamente, que os objetos são usados apenas como matéria-prima para fins industriais.

Finalmente, a última etapa envolve a resolução de parte de todos os países desenvolvidos. Isso acontece a partir de 1 de janeiro de 2023.

Além disso, nesta área de Alimentos da Anvisa proposta de medidas regulatórias complementares. Uma consiste na preparação de um guia de soluções de tecnologia, em substituição de gorduras trans na fabricação do alimento. Estas instruções orientariam fabricantes.

De acordo com Alessandra Bastos diretor da Anvisa e relator, sugestões, residencial, tem sido amplamente discutida, inclusive em relação ao prazo necessário para o setor de acordo com as novas normas.

Eis. também

  • AlimentaçãoGordura sob encomenda, por favor: quanto consumirquery_builder 25 de outubro de 2018 – 11h10
  • AlimentaçãoO que a gordura seja, diabetesquery_builder 10 de dezembro de 2019 – 10h12

Por que a Anvisa quer proibir as gorduras trans

Existem três tipos de gordura: insaturados, conhecidos como “gorduras boas”; saturadas, pode até trazer benefícios para o corpo, quando gastar muito com moderação e trans, o que não é recomendável que nenhuma situação.

Ele, aliás, do colesterol LDL, que aumentam o nível e baixa de HDL, o que leva ao entupimento das artérias e, como conseqüência, problemas cardiovasculares. Vale lembrar que, em 2016, isso causou, pode-se dizer que a metade de todos os 34,4 milhões de mortes por doenças crônicas doenças não transmissíveis em todo o mundo.

As gorduras trans, que o número mínimo de carne de animais e fabricante e seus derivados. Mas, o grande problema é a versão foi criada em laboratório (hidrogenada, como dissemos antes). Isso serve para dar poderoso e clareza de guloseimas, como biscoitos, bolachas e bolos prontos.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) não mais de 1% de nossas calorias diárias pode vir e gorduras. Esta dieta de 2 mil calorias, nos dará apenas 2,2 g, itens de alimentação, por exemplo.

O brasil não é o primeiro país, a implementação de medidas de banimento parte. Para este cargo se aplica à Dinamarca, que limitou em 2003. Em 2018 foi, antes de tudo, Eua.

“Só no Brasil, mas em todo o mundo de conhecimento dos médicos é o risco que ela representa e em relação com doenças cardiovasculares”, diz Alessandra de Janeiro, em um comunicado de imprensa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here